Logística de Distribuição: Entenda Tudo Sobre o Assunto

A logística de distribuição é a parte mais importante da cadeia de suprimentos de uma empresa. O foco está na rapidez e eficiência com que o produto pode ser distribuído aos clientes finais.
Atualmente, a logística de distribuição não é uma preocupação apenas dos responsáveis por esse departamento, tornou-se também uma parte crítica da estratégia de marketing de qualquer empresa. Entenda a seguir.


O que é logística de distribuição?


Logística de distribuição é o processo de transporte de mercadorias. Esse gerenciamento pode ser complicado e envolver muitas etapas. Desde pegar o produto em uma fábrica até colocá-lo nas prateleiras das lojas ou entregá-lo na casa dos clientes.
Todo esse processo é normalmente dividido em três etapas: entrada, saída e interna.
- Entrada refere-se às mercadorias recebidas de fornecedores;

- Saída envolve as mercadorias enviadas para clientes ou pontos de venda;

- Interno refere-se ao processo de movimentação de mercadorias de um local para outro no depósito.


Qual a importância do processo de logística de distribuição?


A demanda por logística de distribuição de qualidade está crescendo e só vai continuar a crescer com mais pessoas comprando produtos online.
O processo de distribuição é importante porque desempenha um papel significativo na determinação do custo final do produto. Quanto mais complicado for o processo logístico, maiores serão os custos.
Além disso, se torna essencial para empresas que vendem seus produtos em pontos de venda, pois garante que as mercadorias cheguem de maneira eficiente e pontual aos clientes, otimizando o giro de estoque.


Qual é a responsabilidade da logística de distribuição?


A responsabilidade da logística de distribuição é garantir que o produto chegue ao destino no prazo e sem danos.
E isso abrange todos os envolvidos no processo: desde o fornecedor que os despacha; a empresa que os transporta e todos aqueles que os embalam ou manuseiam até chegarem ao seu destino.
A logística de distribuição tem um papel significativo na satisfação do cliente por uma série de razões: se os produtos não forem entregues no prazo ou chegarem danificados, os clientes provavelmente vão devolver a mercadoria ou não comprarão novamente. Sem falar nos impactos que isso traz para a imagem da empresa!


Quais as atividades que compõem a gestão de distribuição?


As atividades de gerenciamento de distribuição incluem: planejamento de produto, planejamento de produção, compras, controle de estoque, gerenciamento de logística e gerenciamento de transporte.
O processo logístico começa desde a aquisição da mercadoria e armazenamento até a sua distribuição.
Há muitos aspectos a serem considerados quando se trata do processo de distribuição, como quanto estoque você tem, onde armazena suas mercadorias e quanto tempo leva para um cliente receber seu pedido.


Quais as vantagens de um modelo de logística de distribuição eficiente?


A principal vantagem de um modelo de logística de distribuição eficiente é a economia de tempo, dinheiro e energia.
Com um gerenciamento eficaz não é preciso mais gastar tanto com os custos de logística, frete e outras despesas de distribuição.
Em vez disso, as empresas podem se concentrar em garantir que estão fornecendo um produto de alta qualidade a um preço competitivo para seus clientes, sem problemas nos custos de envio ou reclamações do sobre atrasos nas entregas.
Por fim, um modelo logístico de distribuição eficiente beneficia não apenas a empresa, mas também o cliente, porque há menos chance de eles terem uma experiência negativa com a entrega e o produto.


9 Melhores práticas para maior eficiência da logística de distribuição


Reunimos abaixo algumas dicas que vão te ajudar a aumentar a eficiência da logística de distribuição:


1. Utilizar um software de logística de distribuição:


Com o software de gerenciamento de logística certo, a logística de distribuição pode se tornar mais eficiente.
Dentre os principais podemos citar:


- ERP: Sistema de gestão que possibilita fazer o gerenciamento de diversas áreas da empresa em um único local. Com as informações centralizadas, a tomada de decisão e o compartilhamento de dados são facilitados.
- WMS: Software específico para fazer o gerenciamento de estoque, com diversas funcionalidades digitalizadas e automatizadas.
- TMS: Sistema que facilita o gerenciamento de transportes, permitindo a criação de rotas e outras tarefas.


2. Ter um sistema para acompanhar o trajeto:


Ter uma visão geral de onde seus produtos estão permite que você os redirecione se algo der errado com a rota que foi definida.
Uma ferramenta eficaz é o TMS, que permite o rastreamento de veículos e controle de ocorrências.
Certamente, isso o ajudará a economizar tempo e dinheiro!


3. Implementação de sistemas de separação e embalagem de pedidos:


As empresas devem implementar sistemas de separação e embalagem de pedidos de forma a garantir que não haja perda de tempo entre os processos de trabalho, o que aumentará a eficiência na logística de distribuição.


4. Otimizar rotas:


Ao otimizar as rotas é possível minimizar os quilômetros percorridos e, consequentemente os custos de combustível. Além disso, pode-se selecionar as melhores estradas, evitando problemas nos veículos e gastos com manutenções.


5. Faça um planejamento de estoque:


A escassez de produtos é um grande problema para qualquer empresa. Isso pode levar à perda de vendas e à insatisfação do cliente. Por isso, o processo de gestão de estoque é muito importante, já que ajuda a evitar essa situação e garantir que o estoque seja reposto o mais rápido possível.


6. Acompanhe os indicadores de desempenho:


Medir o desempenho logístico de uma empresa é importante para monitorar e melhorar sua eficiência na entrega de mercadorias. As empresas que são transparentes com seus dados serão capazes de monitorar suas operações de forma mais eficaz, identificar problemas em seu sistema e traçar estratégias para corrigi-los.


7. Analise o layout do centro de distribuição:


O layout do centro de distribuição influenciará a eficiência do processo de distribuição. O ideal é que a disposição seja projetada para facilitar a movimentação de mercadorias e maximizar a linha de visão dos supervisores.
Um layout eficiente permite que os trabalhadores executem suas tarefas com maior agilidade, ao mesmo tempo em que minimiza o potencial de risco de acidentes de trabalho.


8. Faça previsões de demanda:


A previsão de demanda inclui fazer estimativas de quais produtos serão vendidos e em qual data. Sendo assim, permite que as empresas estimem a quantidade de estoque que precisam para atender à demanda do período.


9. Terceirize a sua logística de distribuição:


Terceirizar algumas etapas da logística de distribuição é uma ótima maneira de economizar tempo e dinheiro.
Além disso, você não precisa se preocupar com esses processos e pode se concentrar em outros aspectos do seu negócio. Outra vantagem é não precisar ter nenhum espaço de armazenamento físico para seus produtos.
Uma outra sugestão é contar com o serviço das cooperativas de trabalho.
Dessa forma você pode ter o apoio de profissionais com experiência neste campo, que podem fornecer conhecimentos valiosos de armazenamento, transporte, embalagem etc. E, como consequência, elimina custos com a folha de pagamento dos funcionários.

Por fim, é importante mencionar que o processo de logística de distribuição é algo que precisa ser constantemente monitorado e adaptado.
No geral, você terá bons resultados seguindo as nossas recomendações, mas elas devem ser revisadas periodicamente.

Confira tudo o que você precisa saber sobre cadeia de suprimentos: clique aqui.

 




Deltacooper

Fundada em 13 de setembro de 2000, a Deltacooper está entre as mais conceituadas cooperativas de trabalho para o setor de logística e transporte.


Saiba mais